03 ferramentas para fazer um planejamento eficiente para sua empresa

pixabay

Para chegar onde se quer, é preciso se planejar. Sem planejamento, chega-se a qualquer lugar e, muito provavelmente, a destinos indesejados.

Mais do que a busca de um plano formal, o planejamento estratégico é um processo valioso de análise da realidade da empresa e de discussão de oportunidades.

Mas você ainda pode estar se perguntando por que fazer o planejamento estratégico de seu negócio. A resposta é simples: para implantar organização, direcionamento e controle, minimizando as deficiências e melhorando a eficiência.

O planejamento te permitirá, portanto, construir, rever ou desenvolver a leitura da realidade de sua empresa de forma crítica, coerente, completa, inteira, sistemática e compreensível. Assim, te possibilitará ter mais confiança, segurança e clareza do papel que você deseja que a sua empresa assuma no mercado.

Antes de falarmos sobre as ferramentas para o planejamento, de forma mais específica, é preciso ressaltar que o planejamento estratégico, para ser eficiente, deve ser feito a partir de uma sequência lógica, com planos de ação para curto, médio e longo prazo.

Para começo de conversa, é preciso fazer uma análise de cenário e definir os objetivos gerais e as estratégias gerais, o que se deseja alcançar e como, elaborando objetivos e estratégias.

Então, vamos à prática? Conheça as 03 principais ferramentas que podem te auxiliar no planejamento estratégico do seu negócio. Elas te ajudarão a ter sucesso empresarial, por meio de uma gestão ágil, eficiente e completa:

1. Análise SWOT

Essa ferramenta permite sistematizar a análise do cenário macroambiente e microambiente. Ao avaliar o macroambiente, ou ambiente externo, identificam-se oportunidades e ameaças.

O macroambiente é o ambiente que você não controla e do qual recebe impactos importantes relacionados à dinâmica dos setores político, econômico, social e tecnológico. Esse cenário contém oportunidades de mercado, mas também ameaças negativas e limitações que podem atrapalhar o seu desempenho no mercado.

O microambiente, ou ambiente interno, por sua vez, é aquele que você controla. Tenha foco na identificação dos pontos fortes e fracos da sua empresa. Identifique as potencialidades e aprenda a lidar com suas limitações.

Com base no conhecimento de todo esse cenário, basta traçar estratégias para aproveitar as oportunidades e os pontos fortes e minimizar as ameaças e os pontos fracos! A sigla “SWOT” deriva exatamente do que foi discutido aqui:

S — Strenghts (Forças)

W- Weaknesses (Fraquezas)

O- Opportunities (Oportunidades)

T- Threats (Ameaças)

2. PDCA

Essa metodologia, gerada nos Programas de Qualidade Total, orienta a organização a traçar estratégias seguindo as etapas de:

Planejamento: Fase em que se identifica problemas e estabelece planos de ação.

Executar: Fase de executar o que foi planejado.

Controle: Este é o momento de conferir se as metas foram atingidas e de acompanhar os indicadores.

Agir: Aqui, faz-se as correções necessárias, padronizando o que foi positivo nos processos anteriores.

Assim como no caso da ferramenta anterior, a sigla que dá nome à ferramenta “PDCA” deriva desses passos:

P — Plan (Planejamento)

D — Do (Executar)

C — Check (Controle)

A — Act (Agir)

3. Balanced Scorecard (BSC)

Esta metodologia mostra os indicadores de desempenho sob as perspectivas de finanças (área financeira), clientes, processos internos (operações internas), pessoas e aprendizado (recursos e infraestruturas).

Através de um mapa estratégico, são apresentadas as ações propostas em uma relação de causa e efeito. Os objetivos e as estratégias serão alcançados pelas ações relacionadas às seguintes expectativas:

Perspectiva de recursos e infraestrutura: serviços e máquinas adequados, profissionais motivados e competentes.

Perspectiva interna: produtos sem defeito, entregas pontuais, inovação de serviços e produtos.

Perspectiva do cliente: satisfação e fidelização.

Perspectiva financeira: retorno do investimento e valor para os acionistas.

Se você deseja se aprofundar no tema Planejamento, o Sebrae oferece diversas soluções, como a oficina Sei Planejar, para MEIs, o curso Planejamento Estratégico na Medida, para Microempresas, além de diversas soluções EAD dentro dessa temática.


Já leu nosso último post “Confira se sua empresa está ultrapassada”? Confira aqui