Marketing de relacionamento: o que é e como fazer

Marketing de relacionamento: o que é e como fazer

Marketing de relacionamento: o que é e como fazer

As empresas lidam com o desafio diário de conquistarem novos clientes e os manterem fidelizados. Em um mercado hipercompetitivo, no qual o público conta com diversas opções de compra, isso se torna ainda mais complexo. Uma prática importante nesse sentido é manter um bom relacionamento com o cliente. Para fazer isso, existe o marketing de relacionamento. 

Continue a leitura para compreender mais sobre o que é marketing de relacionamento, seus benefícios e como fazê-lo em sua empresa. 

O que é o marketing de relacionamento? 

O conceito do marketing de relacionamento, como a denominação sugere, engloba ações voltadas para estabelecer e fidelizar relações de longo prazo com clientes e leads (ou, no caso, clientes em potencial). 

Portanto, em vez de se concentrar em vendas únicas, a estratégia é criar uma base de clientes fiéis, que farão novas compras e recomendarão o seu negócio. 

Quais são os principais benefícios do marketing de relacionamento? 

Imagine ser capaz de reter grande parte dos leads que a sua empresa converte em clientes. Essas pessoas continuam fazendo negócios com você por muitos anos e até indicam outros potenciais clientes. Demais, não é? 

Com o marketing de relacionamento, é possível não apenas gerar receita consistente de uma base de clientes leais, como, também, obter novas conversões com um valor de CAC (Custo de Aquisição de Cliente) muito mais baixo. 

Como implementar ações de marketing de relacionamento? 

Para que ações de marketing de relacionamento prosperem em sua empresa, é necessário trabalhar as bases. Em outras palavras, é preciso fazer com que os pontos de contato entre seu negócio e seu cliente estejam preparados para conquistar seu público. 

E, para isso, não há fórmula mágica. Afinal, ações direcionadas ao seu cliente serão vazias se não houver um sistema de atendimento que, de fato, satisfaça e engaje seus clientes. 

Por isso, antes de simplesmente colocar em prática as dicas a seguir, de forma isolada e pontual, saiba treinar seus colaboradores para promoverem o melhor e mais encantador atendimento possível. É preciso que todos caminhem juntos para oferecerem uma boa experiência de relacionamento. 

Feito isso, outras iniciativas importantes para considerar para a sua estratégia de marketing de relacionamento são: 

1. Interagir com os seguidores em redes sociais 

Interação com seguidores no marketing de relacionamento

É preciso identificar quem são seus clientes, antes de comunicar-se com eles. Ações de Inbound Marketing e pesquisas de opinião podem auxiliar a construir um bom banco de dados e inteligência sobre o seu público. E, logicamente, as redes sociais podem ser um bom ponto de partida para esse processo. 

Nessas interações, lembre-se de sempre oferecer algo de valor ao cliente. Responder dúvidas, demonstrar interesse, fornecer conteúdos adicionais e colocar o cliente como parte importante da comunicação é a base de uma boa estratégia de marketing de relacionamento. 

2. Permitir e avaliar feedbacks 

Incentive feedback no marketing de relacionamento

Muitas empresas, por insegurança ou negligência, não incentivam seus clientes a fazerem avaliações e fornecerem feedback sobre seus produtos, serviços e experiências com a marca. 

Com isso, perde-se uma fonte valiosa de dados para aperfeiçoar sua empresa e, ainda, uma oportunidade de estreitar o relacionamento com o público e, por vezes, reverter um caso de insatisfação antes de o cliente procurar a concorrência. 

Portanto, disponibilize e estimule seu público a dar sugestões e opiniões e fornecer feedback constante, e incorpore as contribuições sempre que possível para gerar melhorias também para a experiência do cliente e tornar suas ações de marketing de relacionamento mais assertivas. 

3. Deixar claro que sua marca tem um propósito alinhado ao do cliente 

Há uma maneira de tocar o coração de seus clientes, humanizar as ações de marketing e manter bons relacionamentos: ter um propósito. Um propósito além da receita, lucros e distribuição de dividendos. 

Como Simon Sinek, uma referência e inspiração para empreendedores em todo o mundo, afirmou em uma de suas famosas conferências no Ted Talks, “O lucro não é um propósito. É um resultado. Ter propósito significa que as coisas que fazemos são de real valor para os outros.”

Na verdade, isso tornou-se tão importante que um estudo da Clutch descobriu que os clientes priorizam atributos orientados a propósitos como mais importantes do que preço ou valor, ao escolher com quem fazer negócios. 

4. Implementar um programa de fidelização 

O marketing de relacionamento sempre busca formas de fortalecer o vínculo entre cliente e marca. Por isso, por que não aproximar grupos que estejam mais engajados por meio de um programa de fidelização? Isso pode ser feito de diferentes formas, desde com descontos exclusivos até produtos ou serviços pensados para as principais necessidades de sua persona. 

Com um bom planejamento de vantagens e benefícios aos seus principais clientes, sua empresa fortalece a marca e consegue aproximar-se de perfis semelhantes a outros grupos que sua organização pode prospectar em futuras ações de marketing de relacionamento. 

Conheça outras iniciativas para otimizar a experiência do cliente e os resultados de sua empresa: “6 estratégias de Marketing Digital para impulsionar suas vendas online”.


Publicado também no Medium.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *







Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.