Design Thinking: ofereça soluções e atenda seus clientes com criatividade e inovação

Design Thinking: ofereça soluções e atenda seus clientes com criatividade e inovação

Homem analisando anotações na parede

O Design Thinking é um processo que utiliza os princípios do design para resolver problemas complexos. Nos últimos anos, esse conceito tem ajudado as organizações a identificar oportunidades, incentivar a inovação e melhorar seus negócios.

Em um mercado cada vez mais concorrido, é importante encontrar formas de se diferenciar. Oferecer soluções e atender seus clientes com criatividade e inovação é uma ótima maneira de colocar isso em prática. E o Design Thinking pode ajudá-lo nesse processo.

Neste artigo vamos entender melhor o conceito de Design Thinking e como você pode aplicá-lo no seu negócio. Acompanhe!

O que é Design Thinking?

O Design Thinking é um método de trabalho que ajuda as empresas na imersão e na criação de projetos mais coesos e de melhor qualidade. Esse conceito pode ser usado para criar produtos e serviços a partir do ponto de vista do usuário e resolver problemas de gestão – gerando valor para a marca e tornando a empresa inovadora.

A aplicação do Design Thinking significa entender as necessidades dos usuários e pensar criativamente para tentar resolver seus problemas. Esse processo de inovação é orientado por um protótipo e centrado no usuário – podendo ser aplicado a produtos, serviços e design de negócios.

Um dos elementos do Design Thinking é visualizar os conceitos, pois a falta de ideias concretas geralmente resulta de problemas mal definidos. Pensar visualmente força as pessoas a simplificar os conceitos e torná-los tangíveis e, portanto, fáceis de entender.

Para compreender melhor a aplicação desse conceito, pense na proposta do Uber. Antes da popularização desse aplicativo, as pessoas utilizavam o táxi como meio de transporte. Porém, existiam alguns problemas que interferiam na experiência: a falta de conhecimento sobre o taxista, dificuldade para chamar um táxi, a imprevisibilidade no valor que seria cobrado, entre outros.

Levando tudo isso em consideração, foi possível desenvolver uma solução digital que entrega exatamente o que o público deseja. E o Uber conseguiu colocar isso em prática usando os princípios de design centrado no usuário para “repensar” a experiência do táxi. Todos os recursos voltados para a satisfação do público tornaram o Uber uma empresa bilionária em poucos anos.

Como o Design Thinking contribui para a inovação?

grupo de pessoas assistindo algo em um smartphone

O Design Thinking tem  como objetivo melhorar o que existia antes. E isso possui uma relação direta com o conceito de inovação – que busca explorar novas ideias com sucesso.

Na prática, o Design Thinking usa uma metodologia única para se concentrar na experiência do usuário. Em conjunto, essas duas formas de pensar fornecem um processo que ajuda a criar mudanças práticas, centradas no ser humano.

Veja como isso é colocado em prática:

1. Foco em um problema específico

Problemas específicos são mais fáceis de serem solucionados do que os gerais. Se você deseja, por exemplo, melhorar o controle de estoque da empresa, é difícil saber por onde começar. Mas se a ideia é implementar uma nova solução digital e treinar os funcionários para usá-la, o objetivo se torna mais tangível.

2. Baseie a ideia na experiência

No fim das contas, é a experiência do usuário que realmente importa. De nada adianta criar planejamentos mirabolantes se o usuário final não estiver satisfeito com a experiência gerada.

Imagine que você esteja elaborando um novo aplicativo de gestão financeira e inclua diversos recursos fantásticos para o cliente. Porém, o aplicativo é lento e dificulta a navegação. Por mais completos que sejam os recursos, muitos dos usuários podem abandonar a sua proposta logo nos primeiros minutos.

3. Classificação por meio de prototipagem e teste

Os testes são uma fonte de informação muito importantes para o desenvolvimento de um novo projeto – seja para agradar o consumidor ou para promover melhorias internas. Antes do momento do teste, todas as ideias podem parecer geniais. Porém, nem sempre é o que acontece na prática.

Se você está desenvolvendo um novo produto para o seu cliente, crie um protótipo e faça testes antes de chegar à versão final. Dessa forma, você pode ter acesso a insights importantes para entregar uma experiência realmente completa.

4. É preciso executar!

A inovação não pode ficar apenas na teoria. E o Design Thinking auxilia no momento de colocar suas ideias em prática. Depois de um período de testes, você deve executar as suas ideias – continuando com um processo de evolução constante.

De que forma o Design Thinking beneficia sua empresa?

lampada no mapa de ideias

A aplicação do conceito de Design Thinking pode gerar vários benefícios para sua empresa. Veja os principais deles:

  • Reduz significativamente o tempo de colocação no mercado. Com ênfase na solução de problemas e na busca de soluções viáveis, o Design Thinking pode reduzir muito a quantidade de tempo gasto em design e desenvolvimento – acelerando o tempo necessário para levar suas ideias para o mercado.

  • Economia de custos e um ótimo ROI. A criação de projetos mais coesos, de melhor qualidade e com mais agilidade gera uma economia de custos para a empresa. Como consequência, também é possível otimizar o ROI (Retorno Sobre Investimento).

  • Melhora a retenção e a lealdade do cliente. O Design Thinking permite uma abordagem centrada no usuário, o que aumenta o envolvimento do público e a retenção do cliente em longo prazo.

  • Promove a inovação. Conforme já vimos ao longo deste artigo, o Design Thinking trata de suposições desafiadoras e crenças estabelecidas, incentivando todas as partes interessadas a pensar fora da caixa. Isso promove uma cultura de inovação que se estende por toda empresa.

  • Aplicação em toda a empresa. O melhor do Design Thinking é que ele não é usado apenas para desenvolver novos produtos. Ele aproveita o pensamento de grupo e incentiva a colaboração entre equipes. Além disso, pode ser aplicado a praticamente qualquer equipe, de qualquer setor.

  • Soluções criativas e inovadoras para os clientes. Com o desenvolvimento da metodologia de Design Thinking você pode criar soluções mais criativas e inovadoras para os clientes – entregando uma melhor experiência. Essa é a melhor maneira de construir uma marca forte no mercado e gerar mais resultados em vendas.

 

Você já conhecia o conceito de Design Thinking? Quer continuar acessando materiais como este? Então inscreva-se na newsletter do Sebrae ES!

Comentários

  • Avatar

    Jorge Elias Aoni | Dez 2,2019

    Muito bom o artigo, claro, simples e objetivo.
    Parabéns, meninas!!!

  • Avatar

    Sandra Marques | Dez 15,2019

    Ainda não conhecia o conceito e considerei muito importante para a minha área de atuação que é a de vendas

    • Sebrae ES

      Sebrae ES | Jan 8,2020

      Opa, que bom saber, Sandra! Implemente o desing thinking em seu negócio e vida e você perceberá novos e melhores resultados. 😀

  • Avatar

    Marcelino Ramaldes | Mar 17,2020

    Gostei do conceito, e, com certeza contribuiria muito para melhoras minhas vendas. O Sebrae oferece cursos nesse área “Design Thinking”

  • Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *







    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.