O que preciso saber para abrir uma empresa?

O que preciso saber para abrir uma empresa?

empreendedor pensando em frente ao computador

Abrir uma empresa é um grande passo, e você não pode dá-lo sem estar bem informado sobre tudo que será preciso fazer nesse processo. Entre as informações necessárias, estão questões como o planejamento, a formalização, o investimento necessário. 

Neste post, você encontra as informações essenciais para abrir uma empresa. Vamos cobrir os pontos básicos, de maneira objetiva. Boa leitura!

Plano de Negócios

O plano de negócios deve ser preparado antes de abrir uma empresa, porque será um documento essencial para orientar a gestão do negócio nos primeiros estágios. No entanto, não se trata apenas disso.

Ele também é utilizado para conseguir crédito, investimentos e outras formas de apoio, além de estabelecer parcerias. Afinal de contas, qualquer pessoa ou empresa vai pedir informações detalhadas antes de aceitar se associar ao seu negócio, e o plano vai fornecer essas informações. 

assinando contrato

 

Formalização

Para formalizar seu negócio, você precisa definir qual será o enquadramento ideal, em relação a três aspectos distintos: tributação, porte e tipo societário.

Para as pequenas iniciativas empreendedoras, o enquadramento de tributação pode ser entre Simples Nacional, Lucro Presumido e Lucro Real. O enquadramento de porte, entre Microempresa (ME,  com faturamento anual de até R$ 360 mil) ou Empresa de Pequeno Porte (EPP, com faturamento anual de até R$ 4,8 milhões). O enquadramento societário, entre EI, EIRELI, LTDA e S.A. 

Se você está achando complexo, a boa notícia é que existe uma alternativa de enquadramento simplificada: o Microempreendedor Individual, ou MEI. E temos outra notícia ainda melhor: o processo de formalização pode ser feito quase que totalmente da sua casa, no seu computador, sem precisar de contador. E você não precisa pagar qualquer taxa pela formalização em si — o que é ótimo para quem não tem um capital inicial disponível para tal despesa.

Para abrir uma empresa como MEI, basta acessar o site oficial do Portal do Empreendedor e seguir os passos. Você precisará determinar as atividades que vai desempenhar e oferecer informações pessoais, inclusive dados do seu Imposto de Renda de Pessoa Física, caso tenha declarado. Ao final, será gerado automaticamente um Certificado da Condição de Microempreendedor Individual (CCMEI) e um número de CNPJ. Pronto: sua empresa está formalizada!

A partir da formalização, o MEI poderá fazer o pagamento dos impostos e contribuições através do Documento de Arrecadação do Simples (DAS), disponibilizado no Portal do Empreendedor, na opção “CARNÊ MEI – DAS”. Para impressão, informe apenas o número do CNPJ. O MEI tem a opção de imprimir todos os DAS mensais (de janeiro a dezembro) para realizar os recolhimentos durante o ano. Pagando o DAS, o MEI automaticamente paga: R$ 5,00 de ISS (Imposto sobre Serviços), R$ 1,00 de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias ) e 5% sobre o valor do Salário Mínimo, que corresponde à contribuição do INSS. Esse recolhimento permite que o MEI tenha acesso a direitos como a aposentadoria, ou seja, é uma garantia para o empreendedor.

 

carteira com dinheiro e fita métrica em volta

Investimento

Uma preocupação comum na hora de abrir uma empresa é o investimento necessário, e você precisa estar bem informado sobre este assunto antes de começar. Porém, não se preocupe: é possível empreender sem muito dinheiro. Para isso, há três dicas essenciais.

Apostar em planejamento

A primeira dica é fazer um planejamento muito, muito bom. Nós já mencionamos o plano de negócios nesse post, mas agora estamos falando de um planejamento mais “básico”, voltado a testar suas hipóteses e a própria ideia de negócio.

Quanto mais tempo e esforço você investir no planejamento, menos dinheiro precisará investir no negócio. Como? É simples; o planejamento permite que você descubra equívocos e armadilhas antes que eles aconteçam na prática. Então, quando você realmente colocar a mão na massa, poderá evitar erros. Menos erros significa menos gastos.

Buscar orientação

A segunda dica é buscar orientação. Um empreendedor iniciante pode fazer muita pesquisa e testar muitas hipóteses, mas ainda terá dificuldade para evitar certos erros comuns de quem nunca geriu uma empresa. E, já que erros e gastos estão relacionados, a falta de experiência pode pesar no bolso. A solução mais simples é encontrar pessoas que tenham essa experiência e estejam dispostas a ajudar.

Não é difícil encontrar um mentor. Você pode realizar um bom networking com empreendedores de sucesso em associações comerciais ou industriais, participando de eventos e cursos. Redes sociais, especialmente o LinkedIn, também são uma alternativa para fazer contatos relevantes. Depois, basta encarar a situação com humildade e pedir ajuda. Você vai descobrir que a orientação certa é um verdadeiro atalho para alavancar seu negócio.

Desenvolver parcerias

Finalmente, a última dica é encontrar parceiros. Como MEI, não é permitido ter sócios; mas você pode reduzir a necessidade de investimento estabelecendo parcerias com outros empreendedores da sua cidade ou região.

Para entender melhor, imagine que você decidiu abrir uma empresa de alimentação fitness e quer promover um grande evento para divulgar sua marca. Acontece que o custo para alugar o espaço seria muito alto. Então, você se une a uma empresa de roupas para ginástica, ou uma personal trainer, ou outros empreendedores de segmentos relacionados. Assim, todos podem se beneficiar, e o custo fica dividido entre os parceiros.

Essas são as informações essenciais de que você precisa para abrir uma empresa. No entanto, é claro que você ainda pode — e deve — aprender muito mais. Por exemplo, você sabia que existem algumas características que todo empreendedor de sucesso apresenta? Confira nosso post sobre o assunto e descubra como desenvolver esse perfil empreendedor!

 

Comentários

  • Avatar

    Cíntia Silva Ribeiro | Jul 10,2018

    Leitura dinâmica, direta e esclarecedora para alguém que está começando a se planejar como eu. Um ótimo começo para buscar mais e mais esclarecimentos e informações.

    Muito obrigada!

    • sebraees

      sebraees | Ago 6,2018

      Legal que tenha gostado,Cintia! Continue nos acompanhando por aqui, e se precisar de uma ajudinha extra, ligue para o 0800 570 0800 e agende um atendimento gratuito com um dos nossos especialistas em pequenos negócios! 🙂

  • Deixe uma resposta

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *







    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.